Prefeitura Municipal de Araçoiaba da Serra

                                                                                                                                                                                              Foto: Cris Almeida | acervo turismo

Histórico de Araçoiaba da Serra

Araçoiaba da Serra começou a se formar em uma região que, desde meados do século XVI, vinha sendo percorrida por bandeirantes em busca de ouro

Assim, Afonso Sardinha e um grupo de pessoas instalaram-se, por volta de 1589, nas margens do ribeirão Ipanema, no sopé da serra Araçoiaba, com o intuito de prosseguir com suas atividades exploratórias. Em lugar de ouro, Sardinha encontrou minério de ferro em grande quantidade. Alguns mineradores construíram, então, um forno na margem do ribeirão para melhor explorar as jazidas, formando as bases de uma das primeiras fábricas de beneficiamento de ferro do país, a futura Real Fábrica de Ferro São João de Ipanema.

No início do século XVII, a fábrica passou a ser propriedade de D. Francisco de Souza, administrador das Minas do Brasil e governador das Capitanias do Sul, ganhando importância e promovendo o desenvolvimento da povoação ainda incipiente. Essa boa fase da fábrica, porém, não durou muito tempo e, como consequência de seu abandono, o povoado entrou em decadência.

A situação começou a dar sinais de mudança no final do século XVIII, quando, por iniciativa de João Manso Pereira, foram enviadas amostras dos produtos minerais extraídos do morro de Araçoiaba ao soberano português, que providenciou, então, a construção de nova fábrica. Para essa empreitada foram contratados engenheiros prussianos, dentre os quais, Frederico Luiz Varnhagem.

Em 19 de agosto de 1817, diante da importância das atividades desenvolvidas pela fábrica, foi criada a capela da Fábrica Ipanema por meio de um alvará de D. João VI. Os moradores, proibidos de cortar madeiras e construir casas no terreno da fábrica, solicitaram a mudança da sede da paróquia para outro local. Dessa forma, em 20 de fevereiro de 1821, foi criada a freguesia do município de Sorocaba, no bairro de Campo Largo, um antigo pouso de tropeiros. A criação foi resultado de um acordo feito entre o padre Gaspar Antonio Malheiros e o alferes Bernardino José de Barros, que lhes valeu o título de fundadores de Araçoiaba da Serra.

O povoado, desde então, desenvolveu-se e tornou-se vila, com a denominação de Campo Largo de Sorocaba, em 7 de abril de 1857. Em 3 de junho de 1934, o município foi reconduzido à condição de distrito e reincorporado a Sorocaba. Não tardou, porém, para que fosse transformado em município, em 5 de novembro de 1936.

Até receber sua atual denominação, em 30 de novembro de 1944, havia passado por uma mudança anterior, em 30 de novembro de 1938, quando recebeu o nome de Campo Largo.

Fonte: Plano Diretor de Turismo de Araçoiaba da Serra – 2020

Post Views: 936